tatuagem e desenho

Desenho e Tatuagem: técnicas e dicas para melhorar sua habilidade de desenho!

tatuagem e desenho

Desenho e Tatuagem: técnicas e dicas para melhorar sua habilidade de desenho!

Várias pessoas querem começar a desenhar e não sabem por onde começar. Ficam batendo cabeça sobre como ter ideias e criar os desenhos para depois utilizá-los em tatuagens. Não é nada fácil.... Muitos clientes entram em contato com o tatuador somente com uma idéia e referências do que querem. Não é de uma hora pra outra que podemos sair criando, até porque quanto mais se desenha, mais idéias aparecem, mais possibilidades de criar algo novo e adotar um estilo próprio de desenho e tatuagem.

Diversos tatuadores dizem que é graças ao desenho que eles conseguem desenrolar rapidamente uma criação para seus clientes mas também tem aqueles dias que nada sai, falta inspiração, o que acontece com o artista, de quem trabalha menos com o corpo e mais com o cérebro.

Porque é importante saber desenhar?

Quando vamos à alguns museus e observamos artes expostas, podemos criar a sensação que ter grandes conhecimentos técnicos avançados em desenho não são necessários para criar uma obra de arte. Com isso, muitos alunos principiantes tem a  tem a ilusão que as técnicas para criar novos desenhos não são exigidos para começar a trabalhar com tatuagem e criar um estilo único e pessoal.

Picasso, por exemplo, possuía um estilo muito pessoal e inigualável, conhecida no mundo todo. A sua técnica de desenho é resultado de uma opção de escolha conceitual, e não o resultado de não saber desenhar.

Saber as técnicas de desenho é essencial, principalmente sabendo que o ato de realizar uma tatuagem não pode ter erros. Caso o contrário você pode comprometer a pele do seu cliente e ficar com uma fama muito ruim no mercado de tatuagem.

Por se tratar de um trabalho realizado por pessoas, é claro que pode ocorrer alguma falha. Porém deve se evitar ao máximo os erros e caso aconteça também são necessárias técnicas para “cobrir” ou mascarar essa imprecisão.

Estudos sobre a prática de desenhar

Descobrimentos recentes dadas por investigações científicas sobre o comportamento do cérebro apontam que desenvolver uma habilidade de desenhar pode trazer benefícios tanto mentais quanto físicos. Isso ocorre devido a utilização do hemisfério direito do cérebro enquanto se realiza a prática de desenhar. Entre outros benefícios as habilidades abaixo são capacidades associadas ao hemisfério direito do cérebro:

  • Raciocínio lógico matemático;
  • Melhoria na retenção de conteúdo (Memória)
  • Facilidade de leitura
  • Aprendizado de idiomas,
  • A música (Habilidades de canto e ritmo para aprender um instrumento).

Os primeiros passos para desenhar:

  1. Selecionar o material necessário:

    Essa parte pode parecer muito óbvia, mas ter tudo em ordem pode te economizar tempo e deixar seu treinamento mais prático.

    • Lápis/Caneta
    • Apagador
    • Lápis de cor (desde tons de preto até cores vivas)
    • Marcadores (opcional)
    • Espaço de Trabalho tranquilo e com boa iluminação
    • Quadro (opcional)
  2. Escolha um desenho/imagem.

    Tenha em mente escolher algo que você tenha interesse, considere legal, para que você possa começar a desenhar sem perder o interesse facilmente. Caso você já queira começar com algo que você pretende ficar craque em desenhar, você vai precisar de investir um bom tempo para entender os detalhes, noções de profundidade e forma dos traços que  pois você sempre pode adicionar detalhes mais tarde. Uma dica interessante pode ser utilizar papel de seda no início e colocá-lo sobre o desenho. Passe o desenho para o papel de seda e depois repasse para uma folha em branco. Isso fará com que você tenha uma noção de proporção mais simples do que realizar os primeiros traços no olho.

  3. Adicione detalhes ao seu desenho e suavize as bordas, etc.

    Nessa etapa é interessante realizar traços leves para que caso você erre seja fácil de apagar. Desenhar é uma prática que exige tranquilidade e paciência, não apresse seu desenho para que ele saia de forma leve. Muitos utilizam essa prática como forma de relaxar e se desligar um pouco da correria do dia a dia.

  4. Defina se o plano e o preenchimento do seu desenho.

    O seu desenho pode ficar em 1º plano, possuir só o contorno e ficar bem legal. Porém se quiser fazer um desenho com mais riqueza de detalhes é necessário definir em qual plano o seu desenho vai estar e qual o preenchimento necessário para gerar esse efeito.

  5. Adicione sombra e cor ao seu desenho.

     Para o seu desenho ficar com qualidade e realista, adicionar um sombreado e preenchimento é essencial. Para criar um efeito de sombra, é importante colocar mais cor e escurecendo as sombras, nas áreas necessárias (geralmente o lado direito e parte superior ou inferior, dependendo de sua perspectiva). Utilize um lápis, usando um tom ligeiramente mais escuro que a cor de sua pele. (Este passo pode não ser necessário para desenhos mais simples).  Mesmo que seja em preto e branco, criar um preenchimento faz o desenho ficar mais realista e aumenta a qualidade da sua arte.

  6. Acabou? Agora faz de novo!

    Seu primeiro desenho foi finalizado. Agora tente repetir o processo utilizando mais concentração e melhorando sempre baseado no aprendizado com os erros anteriores. Quanto mais você tentar realizar o mesmo desenho, melhor nele você vai ficar!

Como encontrar o tema de uma tatuagem antes de desenhá-la?

Antes de dar os primeiros passos para começar a desenhar uma tatuagem, é crucial fazer uma busca dos estilos existentes para determinar como vai ser estruturado o seu desenho, para assim, definir o tema da sua tattoo.

Depois que tiver se identificado com algum estilo que mais te atrai é interessante entender o simbolismo por trás do desenho que você quer fazer. Uma tatuagem é algo pessoal, deve ter significado para o tatuado, mesmo que esse seja estético. Caráter, padrão abstrato, símbolo… As possibilidades são muitas! Para desenhar uma tatuagem personalizada, é importante encontrar inspiração:

  • Em experiências pessoais para um assunto um assunto relevante.
  • Em referências artísticas: livros sobre arte, arte de rua, cinema...
  • Pesquisando os trabalhos dos tatuadores referência no estilo que você selecionou para aprender a desenhar.

A tatuagem é uma expressão gráfica, assim como uma logo. Para um resultado em que o tatuado fique satisfeito, ela deve ficar perfeita e não deve apenas expressar uma mensagem.

Existem duas possibilidades para você começar:

  1. Converse com um tatuador experiente: Busque um artista como referência e peça conselhos. A partir da sua ideia e desejo, ele pode te propor um desenho criativo e original.  Com isso, você pode economizar muito tempo de pesquisa e estudos.
  2. Desenhar sua própria tatuagem: Se você não conseguir um tatuador para te ajudar, não desanime! Você é plenamente capaz de aprender as técnicas necessárias para fazer um bom desenho. No youtube existem diversas aulas de desenho de graça que você pode pesquisar e deve ser útil para pegar o básico quando for começar um desenho.

Restrições para desenhar tatuagens

Se você perguntar, a maioria dos tatuadores vai te falar que o seu desenho pode ser ótimo, mas não necessariamente ele é bom para fazer uma tatuagem. O que acontece é que para uma tatuagem ser projetada no corpo de uma pessoa, exige certos requisitos, considerados restrições que devem ser adequados para a tatuagem ficar perfeita:

1. O tamanho da tatuagem

Pode parecer óbvio porém é necessário pensar a respeito do desenho da tatuagem e qual o tamanho que ele deve ter para dar um aspecto legal na pele da pessoa. Símbolos como estrelas e luas podem ser tatuagem em uma variedade enorme de tamanhos. Mas se por exemplo, o seu cliente quiser tatuar um rosto realista no braço ele não poderá ser muito pequeno, pois o realismo exige uma riqueza maior de detalhes e traços. Quanto maior a tatuagem, maior a capacidade de deixá-la com um aspecto real e vivo na pele.

2. Morfologia

Outra questão essencial é como vai ser a disposição da tatuagem no corpo do seu cliente. Vale resaltar que as dimensões da tatuagem tem que se adaptar e ser projetada específicamente para a parte do corpo que será tatuada.

  • braço
  • costas,
  • torso,
  • nuca
  • mão

Todos esses membros exigem uma refleção e análise diferentes para ver como a tatuagem vai encaixar da melhor maneira possível na pele.

3. As cores

Na hora de definir as cores da Tattoo precisamos ter cuidado! Vale lembrar que nem todos os detalhes do desenho podem ser reproduzidos na tatuagem sem que haja uma adaptação. Existem tons de cores que combinam melhor com cada estilo de tatuagem. Então, vale a pena estudar muito bem as cores que fazem seu desenho ter uma sintonia e combinam melhor com o estilo que você escolheu tatuar.

4. Coerência

Quando uma pessoa começa a ter várias tatuagens, ela com certeza que as tatuagens combinem entre si em seu corpo. É interessante refletir maneiras de harmonizar tatuagens próximas umas das outras para gerar um efeito legal na pele do seu cliente. Pode existir também, a vontade do tatuado de fechar algum membro, como o braço ou a perna. Como fazer com que várias tatuagens tenham uma boa conexão para criar um todo? Também é um ponto a se pensar… Mesmo cada tatuagem sendo única, é interessante que todas encontrem seu lugar, uma ao lado da outra.

5. Quem vai desenhá-la

Esse ponto faz total diferença! Se você criou o próprio esboço da sua tatuagem, e quer dar uma incrementada nele ou receber um feedback no começo do seu aprendizado como desenhista, você pode encontrar um tatuador para te ajudar. Algum profissional que vai respeitar e manter a originalidade de seu desenho, pode te dar dicas valiosas de como melhorar sua obra. Se seu desenho for muito detalhado e tem muitas cores e efeitos, é possível que sejam necessárias adaptações para adequá-la no formato de tatuagem.

Todo profissional tem seu estilo e técnicas de desenho, então ninguém melhor que eles para te ajudar nessa jornada. 

Dicas de desenho e tatuagem

Separamos aqui várias dicas, macetes e programas que podem te ajudar a se tornar um profissional de tatuagens.

DICA#1

Para começar, existem vários cursos de desenho e tatuagem no mercado e muito provavelmente na sua cidade. Se você deseja adquirir essa habilidade de forma rápida e com acompanhamento, um curso pode ser a solução ideal a curto prazo.

DICA #2

Levar o seu desenho para um estúdio e pedir que façam uma tatuagem enquanto você acompanha o processo de desenho e tatuagem pode ser uma ótima opção para acompanhar um profissional trabalhando. Porém ele provavelmente irão mudar um pouco o seu desenho, adaptando ao estilo deles, mas vale o aprendizado.

DICA #3

Tirar uma foto do objeto que você pretende desenhar, com a câmera do celular mesmo, pode ser uma opção rapida e barata para ter um molde de desenho. A princípio, esse macete pode te ajudar a respeitar as noções de formato, espaçamento e dimenções, proporção de cada detalhe, a anatomia do desenho, os angulos, luz e sombra.

DICA #4

Depois que o finalizam o desenho e gostam do resultado, o próximo passo é mandá-lo para o computador e criar a arte final. Existem vários programas, os quais podem servir para editar e finalizar o seu desenho. Com isso, você pode criar o famoso Decalque, que facilita muito a prática de tatuar.

O decalque possui várias utilidades. Ele facilita o processo de fazer uma tatuagem, artes gráficas, aerografia, pinstriping, serigrafia. Nada mais é que um adesivo, pode ser impresso em gráficas ou em impressoras que possuam essa função, como é o casos das impressoras Térmicas.

Cada máquina possui um resultado diferente de Decalque. Por isso, estude antes a impressora para quem sabe poder comprá-la. Aconselho a quem nunca usou, testar antes a qualidade da impressora consultar com quem tem para evitar frustrações.

O resultado da impressão é um um papel adesivo especial, que no caso das tattoos, gera contornos que são colados sobre a pele do cliente. A menos que seja utilizado a técnica Free Hand, a grande maioria dos tatuadores utilizam esse método para facilitar o processo de tatuar.

Programas de edição de fotos para desenho e tatuagem

Agora que você já tem o seu desenho prontinho, é hora de digitalizar e converter a arte para o formato de imagem.  Existem diversas opções para divulgação do seu trabalho como tatuador. Manter as imagens em boa qualidade é indispensável para refletir o profissionalismo do seu trabalho.

Para isso, você deve encontrar o melhor editor de fotos, que você mais identifica e considera eficiente. Segue uma lista de programas de edição de foto que podem te ajudar no início a ter as melhores imagens nas redes sociais e aumente o seu reconhecimento no mercado:

ADOBE PHOTOSHOP MIX

Um bom recurso da Adobe é o Photoshop Mix. Ele traz ferramentas básicas de edição, que também oferecidos pelo Photoshop, porém não é tão complexo quanto. Além disso, o Photoshop Mix ainda possui uma grande opção de filtros interessantes que podem enriquecer ainda mais a imagem tratada. O Photoshop é o melhor editor de fotos que pode-se encontrar no mercado. Caso você tenha disponibilidade e muita animação para aprender a utilizá-lo, vale a pena.

AFTERLIGHT

Para que busca um editor que faça formatações práticas e simple na imagem, O Afterlight é uma boa opção. Este programa tem sido reconhecido como um dos melhores editores para retocar e dar um aspecto melhor nas fotos. Em resumo, ele possui várias opções de efeitos, texturas, ferramentas de corte e posicionamento, além de filtros que criam um background para a imagem de forma instantânea.

SUMOPAINT

O Sumopaint é um editor de fotos muito conhecido por uma boa edição de imagens. E no programa, ainda existe a opção de começar do zero. Além de tudo é grátis e possui uma interface similar ao Photoshop. Com uma possibilidade de edção online ou um app para Ipad, ele possui uma versão em português disponível para Donwload.

O Sumopaint oferece, além da versão free, duas versões pagas, que possuem ainda mais ferramentas de tratamento de imagem.

ADOBE LIGHTROOM

Quando o assunto é edição de imagens, a Adobe é a empresa mais famosa com seus variados programas de edição de fotos. E se você quer editar fora do PC, com dispositivos móveis como tablets, O Lightroom é uma das opções mais interessantes para edição de fotos.

Pensado para trabalhar de forma dinâmica e prática, o Lightroom te ajuda a encontrar fotos de referência com mais facilidade. Os recursos avançados de retoques em suas imagens, deixam a obra com uma cara mais profissional. A imagem fica ideal para ser compartilhada em mídias sociais.

POSER

O Poser é um programa de computação gráfica 3D distribuído pela Smith Micro Software. Seu diferencial é sua otimização para modelagem 3D de figuras humanas. Isso pode ser muito interessante para analizar questões de proporção, fundo e distância dos seus desenhos.

A popularidade do Poser cresceu aos utilizadores iniciantes do programa serem capazes de produzir animações básicas e imagens digitais, bem como a extensa disponibilidade de modelos digitais de terceiros.

FOTOR

Outro programa que oferece uma versão gratuita é o Fotor, muito bem avaliado pelos seus usuários. Visto que possui uma variedade extensa e completa de funcionalidades para editar fotos, interface em português e pode ser utilizado por um dispositivel móvel.

O Fotor também possui uma interação com as redes sociais. Com isso, seus desenhos podem ser compartilhados diretamente nas redes sociais. ´Para deixar a foto com uma cara bem profissional, existem muitas opções para personalizar sua imagem, desde ajustes de contraste e brilho até aplicação de filtros e outros efeitos mais elaborados.

SKETCHBOOK PRO 7

O SketchBook Pro 7, também conhecido como SketchBook, é a versão mais nova de um aplicativo de software de gráficos raster com a função de criar a desenhos expressivos e esboços conceituais. De fato, é uma ferramenta de trabalho mais profissional e requer um nível maior de conhecimento para ser utilizado. Existem diversos cursos grátis na internet e dicas para utilizar essa ferramenta. Para muitos tatuadores vale a pena aprender a usá-lo.

Desenho e tatuagem: Por fim mas não menos importante...

O resultado de um desenho faz parte de todo esse processo, exige muita dedicação e tempo para ser realizado. Por isso, literalmente copiar um trabalho e reproduzi-lo não é algo que os criadores gostam porque, todo esse processo é pensado para ter qualidade. Fazendo isso, o copiador ganha créditos que não merece!

Como voces podem ver, cada criação depende de estudos, referencias e tentativas e o próprio toque do artista. Por isso, copiar um desenho geralmente deixa o artista incomodado p#to da vida. Afinal, é do trampo do cara que estamos falando. Claro que podemos usar trablahos como referência, assim como sempre existiu na arte. Mas copiar, assinar e ganhar os créditos é sacanagem!!!

Espero que esse post possa servir de inspiração para vocês começarem a ter idéias e criar seus desnhos. Lembre-se de começar pequeno e com calma, para poderem entender o processo e depois peguem trabalhos mais dífices e complexos para executar.  Por isso, é tudo um questão de estudos e prática constantes...

Pegue seu material e mãos a obra!

Gostou? Se inscreve na nossa newsletter e receba mais conteúdos!